Tarso diz que partidos aliados não disputam espaço

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse nesta sexta-feira que não vê um acirramento da disputa por espaço entre os partidos aliados na área federal e voltou a afirmar que o governo não terá "dono". "Não sinto, sinceramente, nenhuma disputa de qualquer partido para ter uma hegemonia sobre outro, até porque quem dá o ritmo da formação do governo é o presidente Lula", disse Tarso, para quem, ao contrário, as negociações para uma coalizão de governo têm valorizado as siglas aliadas."Há uma negociação, uma afirmação dos partidos e a constituição de um programa mínimo. Então, é isto que determina a expectativa", concluiu, após participar de um debate sobre o pensamento de esquerda no Centro Universitário Maria Antonia da Universidade de São Paulo (USP).Tarso disse ainda que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende conversar com os senadores do PMDB que formaram um grupo de oposição ao governo. "O presidente já disse que vai chamar para conversar o Jarbas Vasconcelos (PE), Joaquim Roriz (DF) e o Garibaldi Alves (RN) que são pessoas que têm força política e devem ser respeitadas", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.