Tarso diz que novo relatório é ''desapaixonado''

O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou ontem que o novo relatório da Operação Satiagraha foi elaborado "sem espetaculosidade". Embora ressaltasse que ainda não leu o documento, Tarso garantiu que ele "é desapaixonado, tecnicamente bem feito e sem qualquer postura persecutória". Disse que todas as provas contidas no relatório foram obtidas dentro da lei.Tarso evitou responder diretamente se, com o novo relatório, haverá ou não impunidade do banqueiro Daniel Dantas. "É uma questão concreta que está em andamento e a investigação está sendo reconstituída."Referindo-se ao caso do banqueiro Salvatore Cacciola, cuja condenação a 13 anos de prisão por crime contra o sistema financeiro foi confirmada pela Justiça, ele afirmou que "no Brasil, não existe mais impunidade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.