Tarso diz que imagem do PT foi ?arranhada?

O prefeito de Porto Alegre, Tarso Genro, disse, nesta sexta-feira, que a imagem do PT foi ?arranhada? pelas suspeitas de envolvimento de integrantes do governo gaúcho com o jogo do bicho, mas acredita que o episódio não chegará a prejudicar a campanha do PT em 2002.?Esse tipo de lesão se supera com explicação política e debate?, disse o prefeito petista. ?Atualmente, a imagem está arranhada, mas isso não é incontornável. Temos instituições internas fortes para punir os erros. Eu já disse que nenhum partido é uma comunidade de anjos. Mas, no PT, os casos de erros acontecem muito menos do que em muitos outros partidos?, disse Tarso Genro.As suspeitas sobre a aproximação de bicheiros com o governo gaúcho acentuaram-se quando a CPI da Segurança Pública, em curso na Assembléia Legislativa, descobriu uma gravação em que Diógenes de Oliveira, assessor do governador petista Olívio Dutra e presidente do Clube da Cidadania, pedia ao ex-chefe de Polícia Luiz Fernando Tubino que fosse tolerante com o jogo do bicho.Diógenes dizia falar em nome do governador.Na semana passada, Diógenes reconheceu que usou o nome de Olívio sem autorização. Para o prefeito da capital gaúcha, o episódio deve servir para que os partidos avancem na luta pelo financiamento público de campanha.A CPI investiga se os bicheiros do Sul fizeram contribuições diretas ou indiretas ao PT e à campanha do governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.