Tarso diz que governo aceita discutir teto salarial

O ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro, anunciou nesta terça-feira, em entrevista coletiva, que o governo está à disposição dos demais Poderes para discutir a definição de um teto salarial para os servidores dos Três Poderes da República. "O Poder Executivo está totalmente à disposição dos demais Poderes para buscar uma solução política para a questão e que ressalva e dê sustentação ao prestígio do Poder Legislativo", afirmou o ministro. Ele acrescentou que o Executivo "não vai fazer nenhum juízo de mérito" a respeito da decisão do Congresso de reajuste em 90,7% os salários dos parlamentares nem tomar "qualquer medida técnica que possa parecer uma afronta ao Poder Legislativo." Para Tarso Genro, "está óbvio que há um grande descontentamento popular (com o reajuste), e a sociedade civil está rejeitando a decisão." O ministro ressaltou que uma definição de um teto vai depender "de uma vontade conjunta" dos Três Poderes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.