Tarso define roteiro a ser adotado com governadores

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, traçou o roteiro que o governo federal pretende adotar no relacionamento com os governos estaduais no anúncio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), na próxima segunda-feira. Tarso disse que haverá uma reunião técnica com os governadores, quando será explicado o programa. Depois haverá uma agenda para fevereiro, "para definirmos como vamos fazer as duas discussões essenciais: Reforma Política e Reforma Tributária", disse Genro, em entrevista, logo após a instalação do Foro dos Governadores e Municípios do Mercosul."Uma reforma tributária mais completa não pode ser feita sem conversação e sem apoio dos governadores e, inclusive, um diálogo profundo, transparente e qualificado com a própria oposição", argumentou. Segundo Genro, a estratégia é buscar duas linhas de trabalho junto aos governadores. "A primeira, como o presidente (Lula) diz, é verificar ponto a ponto, em cada Estado, sem quebrar o equilíbrio fiscal, quais os problemas que eles têm de sobrevivência enquanto gestão pública, para ir trabalhando em comum com eles com soluções concretas. Outra coisa é levantar quais os pontos em comum que todos os governadores podem consertar para uma reforma tributária, aí sim, de fôlego, que altere a estrutura tributária do Brasil e qualifique as relações da Federação." Segundo Tarso, esses são os pontos que serão desenvolvidos nas reuniões de fevereiroO ministro garantiu que o governo federal não vai tirar recursos dos governadores em conseqüência do PAC, que prevê desoneração de tributos. Segundo ele, a desoneração prevista no PAC só será feita "daqui para o futuro" e não será retroativa. Ou seja, o programa não afetará investimentos em andamento. Tarso observou ainda que, com a ajuda do PAC, será possível elaborar um calendário de obras nos Estados, e "localizar no mapa" quanto cada um vai aplicar de recursos em cada empreendimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.