Tarso afirma que desconhece afastamento definitivo de Lacerda

Ministro diz que não foi informado sobre a decisão de Lula de retirar de vez o delegado do comando da Abin

Jamil Chade, de O Estado de S. Paulo,

12 de setembro de 2008 | 11h30

O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou nesta sexta-feira, 12, que desconhecia a informação de que o diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Lacerda, havia sido definitivamente afastado do cargo. "Eu não tenho essa informação", afirmou Tarso, que está em Genebra para reuniões com o governo suíço. Ao saber da noticia por meio da reportagem do Estado, ele entrou em contato com seu gabinete em Brasília.  Veja também:Lula decide pelo afastamento definitivo de LacerdaESPECIAL:entenda o escândalo dos gramposLacerda e Virgílio batem boca sobre grampo no SenadoLula manda investigar compra de 'maleta de grampo' na Abin "A definição do presidente Lula foi a de acatar a proposta de ficar afastado até o final do inquérito", disse. "Se houve nova decisão, não estou informado. Seria uma decisão de gabinete de segurança institucional. Não tem vínculo formal nenhum com o Ministério da Justiça", disse. Segundo reportagem do Estado, a revelação de que havia 52 agentes da Abin na Operação Satiagraha, da Polícia Federal, selou a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de retirar definitivamente o delegado Paulo Lacerda do comando da agência. Lacerda foi afastado temporariamente no dia 1, depois da divulgação do grampo de uma conversa telefônica entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO). Com Lacerda, outros três integrantes da cúpula da Abin foram afastados: o vice José Milton Campana, o chefe do Departamento de Contra-Inteligência, Paulo Maurício Fortunato Pinto, e o assessor especial da presidência, Renato Porciúncula.

Tudo o que sabemos sobre:
Tarso GenroPaulo LacerdaAbingrampos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.