Tarefa do PT é defender o governo na eleição, diz Genoino

O Partido dos Trabalhadores (PT) dará total atenção aos temas municipais nas eleições de 2004, mas terá também a preocupação de defender o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira pelo presidente da legenda, José Genoino, em entrevista ao site do PT. Genoino ressaltou ainda que na campanha eleitoral deste ano o partido fará coligações "democráticas e éticas". "Ao lado dos nossos projetos municipais, temos também a tarefa de defender o governo Lula", afirmou.Genoino disse que a legenda está "reagindo bem aos ataques da oposição". Segundo ele, as novas acusações sobre contratos do governo federal com a Gtech, empresa de informática que está sob investigação da Polícia Federal no caso Waldomiro Diniz, não o preocupam. O presidente do PT ressalta que não existem novas denúncias e "esses fatos só revelam que a investigação do governo é para valer. São investigações que se mostram mais eficientes do que uma CPI como defende a oposição, só para atacar o governo. Nós temos de mostrar mais tranqüilidade e não ficar girando em torno de boatos e achômetros."O presidente do partido afirmou que a Comissão Executiva do PT vai intensificar o ritmo de reuniões nos Estados. "Também vamos fazer o enfrentamento com a oposição, que está meio desesperada para pegar uma bandeira e atacar o PT", completou. Em abril, a legenda fará um seminário sobre marketing político e, em maio, se reúne para uma conferência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.