Suzana de Camargo passa a integrar Comissão de Ética

A advogada Suzana de Camargo Gomes é a mais nova integrante da Comissão de Ética Pública. O decreto foi publicado nesta terça-feira no Diário Oficial da União (DOU). O mandato é de três anos. Suzana Gomes se aposentou do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em julho, onde era desembargadora e atualmente advoga no Mato Grosso do Sul. Chegou a disputar uma vaga para o Superior Tribunal de Justiça, em 2011, com o apoio do então presidente do Tribunal, ministro Ari Pargendler, seu cunhado.

ROSANA DE CÁSSIA, Agência Estado

06 de novembro de 2012 | 11h13

A composição da Comissão de Ética Pública foi alterada recentemente. Dois conselheiros não foram reconduzidos ao cargo pela presidente Dilma Rousseff, e o então presidente da comissão, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Sepúlveda Pertence, renunciou ao cargo, em protesto. A comissão está sendo presidida interinamente por Américo Lacombe.

Tudo o que sabemos sobre:
Comissão de ÉticaSuzana de Camargo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.