Suspensa licitação da publicidade do governo do Paraná

O juiz substituto da 4ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, Jefferson Alberto Johnsson, determinou a suspensão da licitação para contratação de serviços de publicidade pelo governo do Paraná. Estão sendo licitados pouco mais de R$ 43,5 milhões, a serem divididos entre 12 empresas. A liminar foi concedida na última sexta-feira a uma ação popular e o governo informou que irá recorrer da decisão.O assessor de imprensa do governo paranaense, Benedito Pires, disse que o governo tem convicção de que o edital é legítimo, tendo passado pela análise de diversos juristas e do Tribunal de Contas. "Não há nenhum item que contrarie a legislação", afirmou. Ele acredita que o objetivo da ação é apenas prolongar o processo licitatório, visando criar dificuldades para o governo. A abertura das propostas está prevista para o dia 8 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.