Suspeitos do crime em Unaí chegam a BH

Os sete suspeitos de envolvimento na morte dos três fiscais e do motorista do Ministério do Trabalho, em Unaí (MG), no dia 28 de janeiro deste ano, chegaram hoje a Belo Horizonte, onde serão apresentados ao juiz da 9ª Vara da Justiça Federal, Jorge Gustavo Serra de Macedo Costa, responsável pela emissão dos mandados de prisão temporária e busca e apreensão.Eles foram transferidos de Brasília, onde estavam detidos na carceragem da Polícia Federal, em dois aviões (modelos King e Brandeirante) sob escolta policial. Os suspeitos desembarcaram às 12h no hangar da Polícia Civil de Minas Gerais, no aeroporto da Pampulha. Um forte esquema de segurança foi montado pelas polícias Civil e Federal para o transporte dos suspeitos. A operação contou com o apoio de dois helicópteros da polícia mineira.De acordo com o delegado Ricardo Amaro, chefe da comunicação da Superintendência da PF em Minas, os suspeitos serão apresentados oficialmente no início da tarde ao juiz, mas deverão retornar para a capital federal logo depois das audiências, já que o inquérito policial ainda não foi concluído. As investigações estão sendo presididas pelo delegado federal Antônio Celso dos Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.