Suspeita na morte de prefeito de Campinas é presa

Por volta das 2 horas de hoje, foi presa uma pessoa suspeita de estar envolvida na morte do prefeito de Campinas, Antonio da Costa Santos, do PT. A pessoa presa é uma mulher loira que ocupava uma picape Cherokee branca, em fuga desde a cidade de Campinas. Um bloqueio foi feito na altura do km 36 da Rodovia dos Bandeirantes, em Caieiras, na grande São Paulo. A picape furou o bloqueio e seguiu em direção à capital paulista. A mulher só parou o carro na Avenida do Estado depois que policias deram dois tiros de calibre 12 contra os pneus da picape.Segundo o sargento Fábio, responsável pela prisão, dentro do carro foram encontradas mais de 50 notas de US$ 1, jóias e 10 trouxinhas de maconha. A suspeita estaria aparentemente drogada. Ainda não foi confirmado qualquer envolvimento da motorista da picape na morte do prefeito de Campinas, Antonio da Costa dos Santos, assassinado, com um tiro nas costas, próximo à rodovia Dom Pedro, no final da noite de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.