SUS vai realizar cirurgias plásticas em pacientes com aids

O Ministério da Saúde deverá adotar a partir de janeiro de 2005 como procedimento do Sistema Único de Saúde (SUS) a realização de cirurgias plásticas, lipoaspiração e colocação de próteses em pacientes com aids.O anúncio foi feito hoje pelo diretor do Programa Nacional de DST e Aids, Pedro Chequer, durante o 12.º Encontro Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e aids, realizado no Rio.Está prevista a realização pela rede pública de saúde de cirurgias estéticas para corrigir efeitos colaterais provocados por medicamentos de controle da doença.Um dos problemas enfrentados por soropositivos é a lipodistrofia, que causa distribuição irregular da gordura pelo corpo, com emagrecimento de membros superiores e inferiores, aumento das mamas, diminuição das nádegas, perda de massa facial e acúmulo de gordura no pescoço e no abdome. As indicações são: cirurgias plásticas, colocação de próteses e lipoaspiração.O início do programa depende apenas da conclusão de um estudo realizado com 300 pacientes com aids por técnicos da UFRJ e da USP, que deverá ser concluído até dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.