SUS servirá de modelo para o governo do Equador

O vice-presidente do Equador, Alfredo Palácio Gonzáles, está no Brasil para conhecer melhor o Sistema Único de Saúde (SUS) e usar como modelo em seu país. Ontem, Gonzáles teve encontro com o ministro da Saúde, Humberto Costa. Palácio Gonzáles fica no Brasil até o próximo dia 9 e além de se interar sobre o SUS, ele diz ter interesse em conhecer o Programa Saúde da Família (PSF), o que inclui a ação de agentes comunitários e a utilização de cartões magnéticos pelos usuários do Sistema Único de Saúde.Segundo o Ministério da Saúde, o Equador quer estabelecer cooperação bilateral ainda sobre os programas de alimentação e nutrição, DST/AIDS e a na área de produção de farmacêuticos, o que inclui os acordos sobre a isenção de patentes lançados pelo Brasil no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC) e ainda a redução de custos na produção de medicamentos anti-retrovirais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.