Supremo suspende investigação de Dirceu no MP

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Eros Grau, concedeu nesta terça-feira liminar beneficiando o ex-deputado José Dirceu. A liminar suspende a tramitação de um procedimento de investigação, aberto pelo Ministério Público, em São Paulo, para apurar o suposto envolvimento do ex-deputado em irregularidades na Prefeitura de Santo André, na administração de Celso Daniel, assassinado em janeiro de 2002.A justiça considerou que as alegações de que o irmão de Celso Daniel, João Daniel, "ouviu dizer" afirmações que comprometeriam o ex-deputado não são suficientes para sustentar uma investigação. Com a decisão do Supremo, Dirceu poderá não atender à intimação do Ministério Público para depor sobre as suspeitas. O depoimento estava marcado para a tarde desta terça-feira. Com informações do Consultor Jurídico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.