Supremo rejeita ação contra uso de algemas

O ministro Eros Grau, do STF, arquivou reclamação contra descumprimento da súmula vinculante que restringe o uso de algemas a casos excepcionais. O ação era de advogado contra um juiz que manteve seu cliente algemado nas audiências. Para Eros Grau, o uso de algemas foi correto, pois havia risco para a segurança dos 5 réus e 30 pessoas presentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.