Suprema Corte veta casamento gay em São Francisco

A Suprema Corte da Califórnia ordenou nesta quinta-feira o fim dos casamentos entre homossexuais em São Francisco. Na decisão, a Corte não fez alusão sobre se a união entre pessoas do mesmo sexo é legal ou não. Novas audiências para tratar do assunto estão previstas para maio e junho.A polêmica sobre os casamentos gays nos EUA começou em 12 de fevereiro, quando o prefeito de São Francisco, Gavin Newsom, permitiu as uniões. Milhares de homossexuais aproveitaram a oportunidade para se casar. A decisão da Corte da Califórnia representa uma vitória para os setores conservadores que lutavam por uma medida deste tipo há mais de um mês.Também nesta quinta-feira, os legisladores de Massachusetts ? outro Estado onde vinham acontecendo casamentos gays ? aprovaram, por 129 votos a 69, uma emenda constitucional preliminar proibindo o matrimônio entre homossexuais. Para valer, entretanto, a medida ainda tem que passar por mais três votações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.