Suplicy garante que compadre de Lula depõe nesta 5ª na CPI

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) anunciou em plenário o comparecimento do empresário Roberto Teixeira, compadre do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Bingos, nesta quinta-feira, às 9h30, para depor sobre sua participação em esquema de cobrança de propina de prefeituras paulistas. Suplicy apresentou justificativas do empresário para seu não-comparecimento às duas convocações anteriores, as quais não foram aceitas pelo presidente da CPI, senador Efraim Morais (PFL-PB). Suplicy alegou que Teixeira estaria ausente de sua residência na primeira convocação e fora de São Paulo, na segunda, quando sua mulher teria recebido a convocação. O senador foi desmentido por Efraim, que afirmou que Roberto Teixeira estava no local quando das convocações e teria evitado seu recebimento. A comissão teria, até mesmo, enviado passagens em seu nome para garantir seu comparecimento. Suplicy garantiu que desta vez Teixeira comparecerá, de fato, uma vez que já se encontra em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.