Suplicy copia mote de Serra e vira o 'cara do bem'

No primeiro programa para senador no horário eleitoral na TV, o titular da vaga que tenta a reeleição por São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), reeditou o mote usado pelo hoje concorrente José Serra (PSDB) quando este se candidatou ao governo em 2012.

O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2014 | 02h00

No final do programa do petista exibido na tarde de ontem, a locutora diz: "Esse cara é do bem". O jingle do tucano há dois anos, repetido no programa de rádio ontem pela manhã, era "Serra é do bem".

Suplicy disse que a semelhança lhe chamou atenção e que chegou a conversar com o coordenador de publicidade de sua campanha, Chico Malfitani, sobre o assunto. "Ele ponderou dizendo que o lema tem mais a ver comigo", disse o petista.

Malfitani confessa que sua intenção foi criar "um pouco de polêmica" para chamar atenção para a candidatura para o Senado, que geralmente desperta pouco interesse dos eleitores.

Segundo ele, o lema "do bem", como a palavra "mudança", usada por diversos candidatos, não tem dono. "O figurino cabe a Suplicy melhor do que a qualquer outro candidato", reforça. A campanha de Serra não quis comentar o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.