Suplicy continua defendendo ida de Dirceu ao Congresso

A decisão tomada hoje pela manhã pela bancada do PT de ampliar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar todos os casos de suspeitas de corrupção eleitoral teve o apoio unânime da bancada e, inclusive, do senador Eduardo Suplicy (SP). Ele no entanto, disse, que continua defendendo a ida do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, ao Congresso para falar sobre o caso Waldomiro Diniz. "Estivesse eu nessa situação faria um relato desses 13 meses", disse Suplicy, que conversou ontem à noite com Dirceu, convidando-o a comparecer ao Congresso. Segundo ele, o ministro não descartou a hipótese. "Vamos pensar a respeito e ver como estão as coisas amanhã", teria dito José Dirceu a Suplicy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.