Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Suplente de Tião Viana será vice-presidente do Senado

O PT escolheu Aníbal Diniz, suplente do ex-senador e atual governador do Acre, Tião Viana, para o cargo de vice-presidente do Senado, no lugar da senadora Marta Suplicy (SP), que nesta quinta-feira (13) assumirá o Ministério da Cultura. A escolha foi feita pelos 13 senadores do partido.

ROSA COSTA, Agência Estado

12 de setembro de 2012 | 14h53

O líder Walter Pinheiro (BA) elogiou a decisão unânime de seus colegas, alegando que "Aníbal estreou no Senado com pinta de veterano". Ex-secretário de Comunicação Social do ex-governador Jorge Viana (AC) - atual senador e irmão de Tião Viana -, o futuro vice-presidente do Senado tem se destacado pelo empenho com o qual elogia as decisões da família Viana, sua patrocinadora.

Ao defender a indicação para o cargo de um nome sem vivência política e que nunca foi eleito, Pinheiro disse que ele "entrou na chapa (como suplente de Tião) sem ser seu financiador". É comum aos suplentes financiarem a campanha do candidato titular da chapa.

Com a saída de Marta Suplicy, o Senado passará a ter 18 parlamentares que assumiram o cargo sem terem sido eleitos. Emenda constitucional que altera a regra na indicação de suplentes de senadores tramita desde 2007 na Casa.

Tudo o que sabemos sobre:
Senadovice-presidenteeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.