Sugestões à lei de radiodifusão são "fracas"

O ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, disse no início da tarde de hoje, que deve enviar à Casa Civil da Presidência da República, em outubro, o texto do anteprojeto da Lei de Radiodifusão. Ele anunciou que em 11 e 12 de setembro será realizado no Ministério um seminário sobre o assunto e disse que parte de seu resultado poderá também ser incorporado à proposta, que se encontra em consulta pública até hoje, juntamente com algumas das cerca de 500 sugestões ao texto até agora enviadas pela Internet.Pimenta avaliou que parte dessas sugestões, avaliadas até agora, foi considera boa e pode ser aproveitada, mas disse que existem muitas propostas "fracas". "Todas vão ser analisadas com cuidado", assegurou. Uma fonte do governo que está acompanhando a consulta pública disse que as 434 sugestões de mudanças do anteprojeto até agora analisadas pouco acrescentam à proposta do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.