Suassuna não voltará ao Ministério

O senador Ney Suassuna (PMDB-PB) decidiu que não retornará ao Ministério da Integração Nacional, nem será candidato ao governo da Paraíba, confirmou sua assessoria no Senado. O ex-ministro divulgou a carta enviada ao presidente Fernando Henrique Cardoso comunicando sua decisão. O senador, convidado a voltar à Pasta que já ocupou, recursou o convite em função das acusações de envolvimento com o empresário José Elíseo, que está detido em Brasília, suspeito de envolvimento em corrupção nas obras do ministério em Catalão, Goiás. "Sinto-me no dever de declinar do convite por entender, em nome da afeição e respeito que nos unem, não ter o direito de oferecer qualquer sombra de embaraço ou constrangimento ao presidente e amigo", afirma o senador paraibano em suca carta ao presidente. Suassuna afirma ainda que, como senador, aguardará que "seja feita justiça pelo Conselho de Ética, das acusações falsas e mentirosas que supostamente serviram para a convocação do referido conselho."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.