STJ suspende quebra do sigilo de genro de Nicolau

O presidente do Superior Tribunal deJustiça (STJ), ministro Paulo Costa Leite, suspendeu aquebra do sigilo fiscal, bancário, telefônico e telemático deFrancisco Antônio de Azevedo, genro do juiz aposentado Nicolaudos Santos Neto. A quebra do sigilo de Azevedo havia sidodeterminada pela 5.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3.ªregião (São Paulo). O habeas-corpus que impediu a quebra dosigilo do genro de Nicolau foi pedido pela Ordem dos Advogadosdo Brasil (OAB) de São Paulo. Nicolau é o principal suspeito dedesvio de recursos da obra superfaturada do Fórum Trabalhista deSão Paulo e está preso. A OAB alegou que a quebra do sigilo dogenro o constrangia profissionalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.