STJ revoga segredo de Justiça do inquérito

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Paulo Gallotti revogou o segredo de Justiça do inquérito da Operação Pasárgada, deflagrada em abril pela Polícia Federal em Minas, Bahia e Distrito Federal. A investigação apontou indícios de fraudes cometidas por prefeitos, principalmente de Minas, para liberação do Fundo de Participação dos Municípios. A decisão foi tomada a pedido do Ministério Público Federal, que alegou não haver mais amparo legal para a manutenção do sigilo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.