STJ promete julgamento rápido para Palace 2

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo Costa Leite, garantiu hoje que os processos sobre o desabamento do edifício Palace 2, ocorrido no Rio de Janeiro em fevereiro 1998 e que matou oito pessoas, serão julgados com a máxima rapidez pela Corte. Costa Leite esteve hoje com a presidente da Associação das Vítimas do Palace 2, Rauliete Barbosa Guedes, e com o advogado Eduardo Lutz.Rauliete comemorou o resultado da reunião. "Ganhamos vida nova com a notícia", disse a presidente da associação. "Saio daqui reconfortada com tudo o que ouvi", afirmou.O STJ informou hoje que os ministros da 4ª Turma do tribunal julgarão em breve um recurso dos advogados do ex-deputado Sergio Naya, dono da construtora Sersan, responsável pela obra. Os advogados querem a suspensão do bloqueio dos bens pessoais de Naya e de suas empresas. O Ministério Público Federal emitiu um parecer contrário ao pedido dos advogados do ex-deputado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.