STJ nega pedido para suspender audiência de Dantas

O ministro Arnaldo Esteves Lima, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu, no começo da tarde de hoje, o pedido de liminar para suspender audiência de interrogatório de Daniel Dantas. A defesa pretendia que não fosse realizada a audiência marcada para as 14 horas de hoje na 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Assim, o sócio-fundador do Grupo Opportunity terá de depor sobre a acusação de ter tentado subornar um delegado da Polícia Federal.Também deverão comparecer à audiência Humberto Braz, ex-presidente da Brasil Telecom, e Hugo Sérgio Chicaroni, todos denunciados por suposto crime de corrupção ativa - a Procuradoria da República os acusa de tentarem oferecer R$ 1,18 milhão ao delegado Vitor Hugo Rodrigues em troca do arquivamento do inquérito sobre atividades do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.