STJ livra Lula de pagar indenização

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) livrou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de pagar indenização ao ex-prefeito de Campinas Francisco Amaral (PMDB). Ele processou o presidente ao se sentir "ofendido" com uma entrevista dada ao jornal Correio Popular em 2001. Lula teria dito que a cidade tinha sido "assaltada" pelos últimos prefeitos. Condenado em primeira instância a pagar R$ 40 mil, a defesa de Lula teve o primeiro recurso negado e, na segunda apelação, pediu anulação da sentença ou redução da pena com o argumento de que a declaração foi "genérica". Amaral pode recorrer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.