STJ faz força-tarefa para acabar com papel

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) montou uma força-tarefa para escanear, cadastrar, classificar e indexar 150 milhões de páginas de 450 mil processos de papel até o final deste ano. Para o presidente do STJ, ministro Cesar Asfor Rocha, uma remessa de documentos que poderia levar seis meses será reduzida a "um piscar de olhos". Segundo o Correio Braziliense, o tribunal montou uma equipe de 100 funcionários temporários - 64 deles com deficiência auditiva -, somente para essa missão. Desde o início do ano, os 1,2 mil autos que chegam ao órgão diariamente são encaminhados para digitalização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.