STJ decide que dentista tem 1 ano para cobrar conta

Os ministros da 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram que os dentistas têm um ano para entrar com ações judiciais com o objetivo de cobrar por serviços prestados e não pagos por seus pacientes. O entendimento foi firmado durante o julgamento de um pedido de Loraine Maria Figueiredo Oliveira, que contestava o fato de o dentista José Cláudio de Oliveira, da cidade mineira de Uberlândia, estar cobrando na Justiça cerca de R$ 38 mil, por serviços prestados em 1994.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.