STJ contesta custo estimado com novos TRFs

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Félix Fischer, disse nesta terça-feira, 11, que "nem de longe" a criação de quatro novos Tribunais Regionais Federais (TRFs), promulgada na semana passada pelo Congresso, custará os valores que estão sendo divulgados. Ele não especificou a qual estimativa se referia. "Em princípio, (não vai custar) nem de longe os valores que estão dizendo aí", afirmou o presidente do STJ.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

11 Junho 2013 | 11h57

Um estudo divulgado ontem pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), por exemplo, afirma que a criação dos novos TRFs vai custar quase R$ 1 bilhão por ano.

O presidente do STJ participa de reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Perguntado por jornalistas, ele disse que a estrutura material dos novos tribunais deve ser cedida pelos governos locais, o que deve reduzir os custos. "Parece que a parte material os governos locais vão ceder (a parte material).

Fischer não comentou sobre quando enviará ao Congresso o projeto de estruturação dos novos tribunais. Ele disse apenas "que estudos estão sendo feitos" e que a "imprensa saberá oportunamente" da data.

Mais conteúdo sobre:
TRFSEMENDACRIAÇÃOSTJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.