STJ anula convenção do PMDB

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Edson Vidigal, derrubou a decisão do desembargador José Gerônimo, do Tribunal de justiça do Distrito Federal, que garantiu a realização da convenção do PMDB no último domingo. Com a decisão de Vidigal, volta a valer despacho do juiz Asdrúbal Lima, que concedeu liminar suspendendo a convenção do partido. Na convenção, cuja validade é contestada pelos governistas, ficou decidida a retirada do partido da base de apoio do governo Lula. Nesta terça-feira, o presidente do partido, Michel Temer, encaminhou à Justiça Eleitoral ofícios comunicando o desligamento dos filiados que decidiram ficar nos cargos que ocupam no governo federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.