STF volta atrás e retira proibição a fotográfos

Supremo havia proibido a entrada dos profissionais após flagra de conversas entre ministros na quarta

Milton F.da Rocha Filho, da Agência Estado,

23 de agosto de 2007 | 11h32

Depois de divulgar no site do Supremo Tribunal Federal a proibição da entrada de fotógrafos nas sessões desta quinta e sexta-feira, a Secretaria de Comunicação Social do STF voltou atrás e retirou a nota do ar, pouco antes do início do julgamento do caso mensalão nesta quinta.   Veja também:   'Nunca vi esse tipo de diálogo', diz ministro sobre troca de mensagens Fotógrafo flagra conversa entre ministros e STF proíbe fotos STF tem segundo dia de julgamento do mensalão Supremo tende a aceitar ação contra os 40 mensaleiros CONJUR: Indícios bastam para que denúncia seja aceita Veja imagens do julgamento   Quem são os 40 do mensalão   Saiba como o STF vai examinar a denúncia do 'mensalão' Entenda: de uma câmera oculta aos 40 do mensalão    Na quarta-feira, o fotógrafo Roberto Stuckert Filho, de O Globo, registrou imagens que mostram as conversas entre os ministros Carmen Lúcia e Ricardo Lewandowski durante a realização do julgamento do caso mensalão.   No diálogo, realizado por meio de mensagens instantâneas pelo computador, Carmem e Lewandowski discutem os votos que darão sobre a denúncia da Procuradoria Geral da República contra os 40 acusados de integrar o esquema de corrupção, além de comentar as escolhas de outros colegas.  

Tudo o que sabemos sobre:
mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.