STF solta deputados acusados de pistolagem

Os deputados estaduais afastados Antônio Albuquerque (sem partido), Cícero Ferro (PMN) e João Beltrão (PMN) deixaram ontem o quartel do Corpo de Bombeiros, onde estavam presos desde 11 de julho, acusados de crimes de pistolagem. Eles foram beneficiados por habeas corpus dado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.