STF retoma julgamento sobre fidelidade partidária

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou hoje, no início da tarde, o julgamento sobre fidelidade partidária, que havia suspenso ontem. O Supremo irá decidir se o deputado que trocou de legenda terá de devolver o mandato ao partido pelo qual se elegeu. O julgamento foi retomado com a leitura do relator Celso de Mello de seu parecer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.