STF rejeita pedido de Dantas para suspender ações contra ele

Para o ministro Eros Grau, que rejeitou o pedido de liminar feito pelos advogados, questões são complexas

03 de fevereiro de 2009 | 19h42

O banqueiro Daniel Dantas fracassou na tentativa de suspender o andamento de todos os procedimentos que tramitam contra ele na 6ª. Vara Federal Criminal de São Paulo relacionados à Operação Satiagraha. Veja também:Operação SatiagrahaAs prisões de Daniel DantasOs alvos da Operação Satiagraha O ministro Eros Grau, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou o pedido de liminar feito pelos advogados de Dantas. Para negar, Grau alegou motivos processuais. Ele disse que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda não analisou o mérito da ação. Para o ministro, as questões envolvidas no caso são complexas. "A extensa petição de quase cem laudas e o volumoso processo, composto de aproximadamente duas mil laudas, revelam, por si só, a complexidade das questões postas a exame do Superior Tribunal de Justiça", afirmou Eros Grau.

Tudo o que sabemos sobre:
Operação SatiagrahaDaniel DantasSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.