STF recua e libera fotógrafos em sessão do mensalão

o Supremo Tribunal Federal (STF) voltou atrás na decisão de proibir fotógrafos na segunda sessão que julga se aceita ou não a denúncia contra 40 indiciados de participação no esquema do mensalão. A Secretaria de Comunicação Social do STF retirou do site da instituição a nota em que informava que na sessão plenária de hoje e amanhã não será permitida a entrada de fotógrafos. A proibição ocorreu porque ontem o fotografo do Globo, Roberto Stuckaert, publicou fotos de e-mail de dois ministros, Cármen Lucia e Ricardo Lewandowski, com flagrantes de trocas de e-mails.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.