STF recebe inquérito envolvendo senador

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu hoje um inquérito policial envolvendo o senador Lindberg Aziz Curi (PFL-DF), que assumiu a vaga deixada com a renúncia de José Roberto Arruda. O inquérito tem como objetivo apurar irregularidades no Consórcio Nacional OK, que pertencia ao parlamentar.Segundo o Ministério Público, o consórcio teria deixado de restituir consorciados de grupos encerrados, saldos de caixa e fundo de reservas, entre outras suspeitas de irregularidade. Além de Lindberg, foi indiciado no inquérito o ex-senador Luiz Estevão.O STF recebeu hoje um pedido de abertura de inquérito contra o deputado federal Paulo Lima (PMDB-SP) por suposto crime eleitoral. A procuradora regional eleitoral de São Paulo, Alice Kanaan, afirmou que o suposto crime tem natureza eleitoral porque teria sido cometido em prejuízo da campanha de um adversário político e durante período que antecedeu a eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.