Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

STF pede desculpas por piada com Sarney no Twitter

A Secretaria de Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal (STF) definiu como "ato impensado" de uma funcionária terceirizada o comentário feito na rede de microblogs Twitter sobre o presidente do Senado, José Sarney (PMDB). Na conta oficial do tribunal no site, a funcionária escreveu que Sarney deve "pendurar as chuteiras", numa referência à aposentadoria do jogador Ronaldo Fenômeno, anunciada ontem.

ROSANA DE CASSIA, Agência Estado

15 de fevereiro de 2011 | 13h13

Em nota, o STF pede "encarecidas desculpas" pelos "comentários impróprios a respeito de eminente autoridade" e afirma que a mensagem em nada reflete os pensamentos da Corte. A nota informa também que já foram tomadas as medidas administrativas cabíveis. Sarney, que está na política há quase 60 anos, acaba de ser eleito para o seu quarto mandato no comando do Senado.

Tudo o que sabemos sobre:
STFTwitterJosé Sarneydesculpas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.