STF nega revogação de prisão de Nicolau

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, negou na noite desta segunda-feira pedido de revogação da prisão preventiva do juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto. A defesa alegava que o juiz deveria ser beneficiado pela decisão que revogou prisão preventiva aos outros envolvidos no desvios de verbas de R$ 196,7 milhões do Fórum Trabalhista de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.