STF nega recurso a deputado do castelo

O Supremo Tribunal Federal rejeitou recurso de Edmar Moreira (PR-MG), deputado dono de castelo em Minas, contra denúncia sobre suposta prática de crime de apropriação indébita de contribuições previdenciárias. A defesa alegou ausência de individualização das condutas dos denunciados. Para o relator, ministro Carlos Britto, a questão já foi devidamente analisada quando a denúncia foi recebida, em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.