STF nega pedido de desembargador

Afastado da função por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o desembargador Jovaldo dos Santos Aguiar, corregedor-geral de Justiça do Amazonas, pediu liminar ao Supremo Tribunal Federal para anular a decisão. O pedido foi negado pelo ministro Cezar Peluso, que alegou estar o CNJ de acordo com as regras constitucionais e legais aplicáveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.