Ed Ferreira/AE
Ed Ferreira/AE

STF nega pedido de deputado que 'se lixa' para voltar à relatoria

Sérgio Moraes (PTB-RS) recorreu ao Supremo para retornar ao posto de relator do processo de Edmar Moreira

Sandra Manfrini, da Agência Estado,

15 de maio de 2009 | 11h39

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia negou nesta sexta-feira, 15, o pedido de liminar do deputado Sérgio Moraes (PTB-RS) para que pudesse retornar à relatoria do processo instaurado na Comissão de Ética da Câmara, que mau uso de verba indenizatória pelo deputado Edmar Moreira (sem partido-MG), conhecido como dono do castelo.

 

O deputado foi afastado da relatoria depois de declarar que estava se "lixando" para a opinião pública. Assumiu em seu lugar o deputado Nazareno Fonteles (PT-PI).

 

Veja também:

som Ouça discurso no plenário da Câmara

especialPerfil: Quem é Edmar Moreira, dono do castelo

lista Todas as notícias sobre o caso Edmar Moreira 

 

Depois de afastado do cargo, o deputado Sérgio Moraes entrou com um mandado de segurança com o pedido de liminar no STF. A informação de que o pedido de Moraes foi negado pela ministra Carmem Lúcia foi divulgada pela assessoria do STF, que ficou de divulgar mais detalhes da decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.