STF nega habeas-corpus a Viscome

Os ministros da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram hoje habeas-corpus pedido pela advogada do ex-vereador paulistano Vicente Viscome. Lucia Seyssel queria anular o processo que condenou o vereador cassado a 16 anos e 4 meses de prisão, informou o STF.Viscome foi acusado de comandar um esquema de corrupção na Administração Regional da Penha, na zona leste de São Paulo. A advogada do ex-vereador também queria que o Supremo revogasse o decreto de prisão de Viscome, preso em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.