STF não vai analisar pedido de Janot sobre penas

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram nesta quarta-feira, 13, ignorar o parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Na prática, o tribunal não vai ouvir os advogados sobre a execução imediata das penas dos condenados no processo do mensalão.

RICARDO BRITO, Agência Estado

13 de novembro de 2013 | 19h21

O Supremo considerou que, em vez de analisar o pedido de Janot, os ministros vão apreciar a chamada questão de ordem do ministro Joaquim Barbosa, relator da ação. A Corte considerou que a questão de ordem trazida por Barbosa era mais abrangente por tratar, além da execução da pena, de outros assuntos como o regime inicial do cumprimento das penas.

Tudo o que sabemos sobre:
STFmensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.