STF marca posse de José Toffoli para o dia 23 de outubro

Aos 41 anos, novo ministro do Supremo Tribunal Federal é o indicado mais jovem nas últimas duas décadas

Agência Brasil,

01 de outubro de 2009 | 20h24

Apesar da nomeação do advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, como novo ministro da Supremo tribunal Federal ainda não ter sido publicada no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nos próximos dias, a Corte agendou para o próximo dia 23 a posse do novo ministro.

 

A indicação de Toffoli pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em substituição ao ministro Menezes Direito, que faleceu no dia 1° de setembro, foi aprovada na última quarta-feira (30) pelo plenário do Senado por 58 votos a 9.

 

Aos 41 anos, Toffoli é o indicado mais jovem para o STF nas duas últimas décadas. Foi advogado do PT em três campanhas presidenciais de Lula e também trabalhou para o partido como assessor parlamentar no Congresso Nacional. Antes de assumir a AGU, foi ainda subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil.

 

Na sabatina do Senado, a vinculação com o PT foi tratada pelo futuro ministro do STF como uma "página virada". Ele se comprometeu a atuar na Corte em defesa da Constituição brasileira e justificou o fato de ter sido reprovado em concursos para juiz e de ter poucos títulos acadêmicos pela prioridade absoluta dada à carreira de advogado.

Tudo o que sabemos sobre:
STFposseJosé Toffoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.