STF mantém Flamarion Portela afastado do governo de Roraima

O Supremo Tribunal Federal indeferiu a liminar pleiteada pelo ex-governador de Roraima Francisco Flamarion Portela, na qual ele pedia a reintegração ao cargo. Portela foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dia 9 de novembro, por abuso de poder econômico nas eleições de 2002. Ele foi eleito pelo PSL, depois se filiou ao PT e foi suspenso após as denúncias.Na ação, a defesa do governador cassado argumenta que, como o acórdão do TSE ainda não foi publicado no Diário de Justiça, ele não pôde interpor recurso. Ao indeferir o pedido, a ministra Ellen Gracie, disse que a não publicação não muda a decisão do STF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.