STF julga inquérito contra Jader por desvio de verba no Banpará

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar o inquérito no qual o deputado federal Jáder Barbalho é acusado de envolvimento no desvio de recursos do Banco do Estado do Pará (Banpará). O STF começou a analisar a denúncia do Ministério Público contra o parlamentar, na semana passada, mas na ocasião o julgamento foi interrompido por um pedido de vista do ministro Marco Aurélio Mello, que está lendo o seu voto. Além dele faltam votar três ministros do STF. Se os ministros não voltarem atrás nos votos já proferidos, Jáder terá que responder a uma ação penal no STF. Se não for julgado, no próximo sábado ocorrerá a prescrição do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.