STF julga caso de dono do castelo

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar esta semana inquérito aberto contra o deputado federal Edmar Moreira (sem partido-MG), acusado de omitir um castelo na declaração de Imposto de Renda. Depois da eclosão do escândalo, o parlamentar deixou o DEM, alegando "perseguição política com grave discriminação pessoal". Ele pediu ao Tribunal Superior Eleitoral o reconhecimento de justa causa na saída do partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.