STF inicia julgamento do caso Palocci

Começou há pouco no Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento do processo contra o deputado federal Antonio Palocci (PT-SP), acusado de participar, quando ministro da Fazenda, da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa e da divulgação dos dados em 2006. Nove ministros participam do julgamento, uma vez que dois deles - Joaquim Barbosa e Carlos Alberto Menezes Direito - estão afastados do Tribunal para tratamento de saúde. A decisão sobre abrir ação penal ou arquivar o caso pode definir o futuro político de Palocci, cotado para ser o candidato do PT ao governo de São Paulo.A expectativa é de que a maioria dos ministros do STF rejeite um pedido do Ministério Público Federal para que seja aberta uma ação criminal contra o parlamentar por suspeita de envolvimento na quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa. A absolvição de Palocci beneficiará, por tabela, os outros dois envolvidos no caso: o ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) Jorge Mattoso e o ex-assessor de imprensa do Ministério da Fazenda Marcelo Netto. O julgamento será considerado encerrado somente após a proclamação do resultado pelo presidente do STF, ministro Gilmar Mendes.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 14h50

Tudo o que sabemos sobre:
STFAntonio Paloccijulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.