STF diz que reforma agrária de Lula é quase insignificante

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro MaurícioCorrêa, avaliou que a reforma agrária promovida até agora pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teveresultados quase insignificantes. "De um governo que se esperava tudo em matéria de realização de reforma agrária, naverdade, até agora apresentou resultado acanhado, eu diria quase que insignificante", disse.Ele críticou as ameaças de invasão de terras feitas pelo líder do Movimentos dos trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, pelo MST, consideradas por ele como ilícitas. "O governo que assumiu o poder com a disposição de realizar essas grandes transformações sociais acaba depois de um anoe meio sem atender a essas reivindicações básicas", afirmou Corrêa. "O governo que prometia um grande avanço no campo dareforma agrária, na verdade, gerou uma frustração. Mas isso não justifica de modo nenhum que haja qualquer ato ilícito paraingressar na propriedade sem a devida desapropriação na forma do devido processo legal", ponderou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.